Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar


Veja se o Cigarro Eletrônico faz mal, conheça seus riscos e benefícios, se ele realmente ajuda a parar de fumar e saiba porque ele está proibido no Brasil.

O cigarro eletrônico se tornou popular e de conhecimento publico alguns anos atrás, porém, no Brasil ele começa a ganhar força e uma série de especulações se formam em torno dele, em filmes e na televisão o cigarro eletrônico ganha mais espaço, inclusive em séries nacionais como em Pé na Cova, serie criada por Miguel Falabella, em que uma das personagens frequentemente aparecem fazendo uso do cigarro artificial.

cigarro eletronico 300x225 Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar

Cigarro Eletrônico

Quando começou a se popularizar o cigarro eletrônico era encontrado por altos preços, cerca de 200 reais, sendo que quem tem acesso a sites que vendem produtos importados podem comprar o cigarro por menos de 8 dólares, sendo assim, cada vez mais pessoas tem aderido ao item, por curiosidade, porém, alguns riscos podem estar atrelados ao produto.

O que é o cigarro eletrônico?

Como o nome diz se trata de um dispositivo eletrônico, ou seja, um cigarro eletrônico que imita o cigarro comum, sendo que o aparelho é composto por três partes, sendo elas o cartucho, conhecido também como filtro, a bateria e a parte eletrônica, sendo que os modelos mais modernos contam até mesmo com uma iluminação na parte da frente do produto para simular a brasa.

cigarro eletronico dispositivos Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar

Dispositivos do Cigarro Eletrônico

Fabricantes e vendedores do produto afirmam que o produto é criado para que o vicio ao cigarro seja diminuído, e nele a dose de nicotina contida poderá ser diminuída com o tempo, o que pode realmente diminuir o consumo de cigarro, pois estudos apontam que boa parte dos fumantes fazem uso do cigarro por habito e não por vicio.

Cigarro eletrônico faz mal?

Apesar de muitos afirmarem que o produto não faz mal, e que as quantidades de nicotina contidos no mesmo não viciam, não existe um controle sob o uso e a fabricação do produto, desta forma não é possível precisar se cigarro eletrônico faz mal ou não.

cigarro eletronico faz mal Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar

Cigarro eletrônico faz mal?

Alguns especialistas e pneumologia afirmam que o produto pode causar dependência, assim como o cigarro comum, e podem ainda trazer riscos pois alguns cartuchos contem altos itens de nicotina.

Cigarro eletrônico é proibido no Brasil

Ao contrario do que muitos afirmam, a Anvisa proibiu a comercialização do Cigarro Eletrônico no Brasil em agosto de 2009, e de acordo com o artigo publicado no site da Anvisa estão proibidas a comercialização, distribuição, propaganda e até mesmo importação do produto ou suas variantes.

cigarro eletronico e cartucho Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar

Você sabia que o Cigarro Eletrônico está proibido no Brasil?

De acordo com a Anvisa o cigarro eletrônico contem as mesmas substancias cancerígenas do cigarro comum e outros elementos químicos que podem ser ainda mais nocivos a saúde como a Nitrosamina e o Dietilenoglicol, já a Organização Mundial de Saúde diz que não existem provas de que o cigarro seja saudável.

E você o que acha do Cigarro Eletrônico? Acredita que dá para parar de fumar com o consumo do mesmo? Já experimentou? Compartilhe sua opinião através do formulário abaixo.



Veja também:

Depilação a laser na barba - Como funciona, preços e antes e depois
Depilação definitiva na barba - Como funciona, preços
Tratamentos contra queda de cabelo e seus preços
Dieta para reduzir colesterol alto e triglicérides




Receba notícias sobre Cigarro eletrônico faz mal? Proibição e Parar de Fumar no seu e-mail!
Insira seu e-mail:




16 comentários

  1. Geraldo says:

    Larguei de fumar a 8 meses, e uso o cigarro eletronico depois de 40 anos, com 56 ponte de safena, diabete e pressão.
    Agora minha diabete está desregulada e estão dizendo que é do cigarro eletrônico…tem alguma coisa a ver?
    Ah, fui barrado no aeroporto e não deixaram eu viajar com o cigarro, o que parece caneta e tem o liquido-marca EGO, disse a moça que é uma portaria da ANVISA…querem é matar de vez nos mesmos.

  2. Marcio Cavalcante says:

    sou vendedor de cigarro eletrônico no Brasil há anos e muitos dos meus clientes pararam de fumar, inclusive alguns me disseram que tiveram indicações de seu médicos para adquirirem o cigarro eletrônico, acredito que por ineficácia de outros métodos.

    http://www.cigarroeletroniconobrasil.com

  3. Marcia says:

    Comprei o cigarro eletrônico na intenção de parar de fumar pois já tive trombo embolia duas vezes. Estava fumando uma carteira por dia, passei pra 3 e pretendo parar definitivamente. O cigarro eletrônico esta me ajudando muito, recomendo para quem quer parar de fumar. Boa sorte

  4. joao carlos says:

    Existem liquidos de ecigs sem qualquer quantidade de nicotina sendo assim além de não viciar e utilizar apenas o propilenoglicol não faz tão mau lógico que qualquer fumaça que vc coloque em seu pulmão faz mau mas o uso do liquido certo vai proporcionar 100x menos mau q o cigarro tradicional isso já comprovado pela FDA ( Food and Drug Administration)que Seria como a anvisa dos EUA a diferença é que a FDA não tem interesse nenhum com a grande industria de cigarro como no Brasil que lembrando é o produto com a maior taxa de imposto no país

    Existem relatos que por conta da força ao se puxar o e-cigs pode causar danos a saúde mas ainda não existe nenhuma prova ou evidencia de que dano é esse

    A OMS divulgou a pouco tempo sobre o e-cigs vale a pena pesquisar e ler sobre o assunto

    Lembrando que líquidos principalmente de origem chinesa são de péssima qualidade e podem contém substâncias altamente concerigenas

  5. Rogério Guimarães says:

    Sabe porque ele é proibido? Imagina o que o governo perderia com a arrecadação de impostos. Se ele é menos prejudicial que o comum, porque não proibir o comercio do cigarro comum? Imagina quantos fumantes deixariam de pagar impostos se trocassem pelo eletrônico… Pasmem, são 81% de tributação.
    IPI 45% — PIS 11% — ICMS 25%. Para quem tiver dúvidas, basta jogar no google.

  6. Emerson says:

    Bom pesosoal. Eu sempre fui um fumante compulsivo, daqueles que sentava numa cadeira [ra tomar uma cerveja e em menos de 3 horas la se ia um maço de cigarro. quando ia pra um churrasco entao era um estress pq nao sabia quanto ia fumar e ja comprava de cara 3 ou 4 maços para aquele dia e asvezes matava todos os maços. Durante a semana eram de 15 a 20 cigarros por dia, normalmente o dhunhill azul.
    Comprei o cigarro eletronico e seguindo os conselhos de um manual sobre utilizaçao comprei e-liquid com 18 mg de nicotina, mas sinceramente achei muito forte. Sorte que havia comprado um mcom 6 mg de nicotina e estou adorando esse.
    Sobre estas me sentindo bem melhor, ainda nao deu pra perceber, afinal so fazem 3 dias mas a questao do pigarro esta diminindo.
    Eu acho que deveriam aproveitar a onda e liberar tudo.

Comente