Emprego: 5 frases que você deve parar de falar

Quem não decora frases de efeito e repete em todas as situações? Pois bem, quase todos fazemos mas é preciso ter cuidado e ver se aquela frase que tanto repetirmos realmente são verdadeiras e estão certas, por isso é sempre bom pensar antes de soltar uma “pérola”.

Quando a pessoa trabalha com atendimento ao consumidor ela deve tomar um cuidado redobrado, usar a autocrítica e entender as frases podem não funcionar com grande parte dos clientes e podem não se encaixar no contexto. Daí vem a importância de analisar o que dizer e quando dizer.

Separamos hoje algumas frases que muitas pessoas usam, mas usam de maneira errada. Desta forma se você é uma dessas pessoas está na hora de mudar um pouco suas falas e esquecer esse tipo de frase.

“O CLIENTE TEM SEMPRE A RAZÃO”

Essa é uma frase clássica, mas não, o cliente nem sempre tem razão. Muitas vezes ele estará errado, por desconhecer normas, regras ou até mesmo por estar se utilizando de má fé. Empresas que sempre tentam agradar os clientes e dão a razão sempre a eles estão fadadas ao fracasso.

Mas isso não quer dizer que você deve “esfregar na cara” do cliente que ele está errado, você deve ser claro nas suas informações de forma cordial, até que ele entenda que você tem conhecimento técnico ou operacional da empresa.

“NÃO É NADA DE MAIS”

Quem nunca teve um cliente que acreditava que o problema dele era o pior do mundo e o atendente não deu a devida atenção achando que não era nada de mais. Na verdade nesse caso o cliente pode ter razão, nesse caso você deve tentar satisfazer o cliente, afinal, dentro de todas as opções disponíveis ele acabou por escolher o seu problema e o mínimo que você pode fazer é oferecer um tratamento decente.

Mesmo que o problema não seja sanado – como vimos no tópico anterior – é preciso deixar claro que você está fazendo o possível para ajudar.

“O MESMO PROBLEMA SEMPRE PEDE A MESMA SOLUÇÃO”

Nem sempre, não é porque um cliente trouxe um problema que você já resolveu para outro cliente que a solução é mesma. Cada problema é único e merece a atenção personalizada. No fundo todos os clientes querem essa personalização e humanização no atendimento.

“NÃO É MINHA CULPA”

Quando não conseguir resolver um problema de um cliente não se omita, a culpa é sua também. Você é o representante da empresa no momento e por isso deve arcar com consequências e até a fúria de clientes mais exaltados, mas isso não significa que ele sempre tem razão – como vimos no primeiro tópico – nesse caso procure acalmar o cliente e deixe claro que está fazendo o possível para sana-lo, lamente-se sempre que achar necessário.

“…” (o silêncio)

Em qualquer caso, independente da área de atuação a pior reação que você pode ter é deixar seu cliente sem respostas, você pode sim adiar o conflito mas uma vez iniciado você deve estar preparado para responder todas as indagações do cliente.

Lembre-se que você é o responsável no momento pela imagem da empresa, por isso se esforce ao máximo para oferecer todas as informações necessárias para cada cliente.

Por fim, procure sempre usar o bom senso. Trate cada cliente como gostaria de ser tratado, seja respeitoso e coloque-se no lugar da pessoa. Abaixo deixamos nossos comentários abertos para que você conte um pouco da sua experiencia com atendimento ao cliente.