Paris pretende se tornar a capital do Ciclismo

Nos últimos dias a prefeitura da cidade de Paris na França apresentou o Plano de Bicicletas 2015-2020. Através de diversas medidas a serem adotadas a ideia do governo é transformar a cidade na Capital Mundial do Ciclismo. Para isso o objetivo principal do plano é aumentar para 15% o número de pessoas que utilizam bicicletas diariamente até 2020, atualmente apenas 5% da população parisiense utiliza a magrela todos os dias.

Para atingir tal marca a prefeitura de Paris irá duplicar a quantidade de ciclovias, onde nos próximo 5 anos a malha cicloviária da cidade passará de 700 para 1400 km, além de estabelecer uma rede expressa para as bicicletas e promover a criação de um fundo econômico para auxiliar na compra de bicicletas e criação de 10 mil vagas de estacionamento para as magrelas.

Bicicleta

Como se não bastasse toda essa iniciativa a prefeitura ainda irá expandir o programa “Paris 30 km/h“, onde em regiões delimitadas automóveis podem trafegar com velocidade máxima permitida de 30 km/h. Serão criados também bici-boxes nos cruzamentos, essas áreas permitem que os ciclistas tenham uma maior área de visibilidade enquanto esperam o semáforo abrir.

As soluções apresentadas pela prefeitura e o projeto como um todo foi montado através de participação popular onde cada munícipe pôde dar sua opinião e revelar suas expectativas sobre o uso de bicicletas como meio de transporte. Ao todo 7 mil pessoas participaram e a grande maioria pediu maior segurança nas ciclofaixas.

A prefeitura de Paris irá investir aproximadamente 150 milhões de Euros com este projeto, que também inclui centros de aprendizagem e oficinas de reparos mecânicos para as bikes. Sem dúvidas muitos parisienses torceram o nariz pelo espaço dado as bicicletas mas podemos observar que esse tipo de atitude traz diversos benefícios a longo prazo.

Deixe sua opinião sobre a ciclofaixa de Paris, e as atitudes da prefeitura da cidade para promover o uso da magrela. Compartilhe também nas redes sociais.