Sagui de tufo preto

O sagui de tufo preto, ou calitrix jaccus, é natural do sul do rio são Francisco, e ao norte do Rio de Contas, Bahia chegam a medir cerca de 20 cm, mas existem registros que o menor deles tem apenas 11 cm de tamanho.

Esses pequenos animais são pequenos, mas bastante inteligentes e ágeis. Por serem pequenos e bem leves, chegam a pesar no máximo 500 g, conseguem se locomover em alta velocidade. Possuem pequenas garras nas patas, que são utilizadas para escalar arvores, e também escalar superfícies ásperas.

A cauda do sagui de tufo preto é bastante grande em relação ao seu pequeno corpinho, porem, não é utilizada para pendurar, mas sim, para manter o equilíbrio dos saguis nas árvores. Suas cores são bastante variadas, podendo ser preta, castanha, branca, dourada, prateada e marrom.

De hábitos diurnos, o sagui de tufo preto se apoia nas quatro patas e moram nas copas das árvores, por onde saltam com facilidade, pois suas patas posteriores, possuem uma forte propulsão ajudando assim, a se locomover de uma árvore para outra.

Alimentação – Sagui de tufo preto

A alimentação na natureza é baseada em insetos, pequenos répteis, pequenos mamíferos, pequenas aves, lesmas, ovos de animais, alguns vegetais, frutas e goma das árvores. São animais fortes, que garantem sua força e saúde através de seivas retirada das árvores.

O sagui de tufo preto alcança sua maturidade sexual por volta dos três anos, e o período de gestação dura de 145 a 150 dias, podendo dar a luz de 1 a 3 filhotes. Seu tempo médio de vida, gera em torno de 10 anos na natureza, e 18 anos em cativeiro.

Sagui de tufo preto, o invasor das cidades

Muitos acreditam que os saguis estão invadindo as cidades, acreditam que são invasores, mas, esta invasão se deve ao fato de antigos criadores liberarem esses pequenos animais nas matas, fazendo com que não haja um controle populacional. Atualmente o Ibama já esta a par das invasões, e está criando ações para o controle desses animais.
Os pequenos saguis, também são criados em cativeiro, e a tradição de criar o sagüi-do-tufo-preto, vem desde os índios, que criavam eles como animais de estimação, que eram chamados de xarimbabo, e serviam de alimentação nas horas difíceis.

Sagui de tufo preto pode ser animal de estimação?

Atualmente para poder ter um sagui como animal de estimação, é necessário autorização do Ibama, ou seja, o animal devera vir acompanhado pela nota fiscal, onde constara o número de registro do criador junto ao Ibama, e o número de marcação do sagui de tufo preto. A nota fiscal, é a garantia da origem do animal, caso não tenha ela, você poderá perder o animal, sofrer multas, e também sofrer m processo por ter um animal não autorizado. Porem, mesmo que deseje ter um animal em casa, vale ressaltar que eles são animais silvestres, não acostumados a conviver com o ser humano, se tornando, em certas horas, um animal violento.

Deixe uma resposta