Desenvolvimento no Bebê cinco semanas de gestação

A cada nova semana de gestação, novas descobertas aparecem, e para mamãe que está ansiosa, cada passinho, cada semana que passa é uma forma de conhecer ainda mais o seu bebê.

Nesse artigo vamos falar um pouco mais sobre as cinco semanas de gestação de um bebê, que é marcado pelo surgimento de um sulco nas costas do embrião, em uma pequena bolinha, que mais tarde se tornará a cabeça do bebê.

Desenvolvimento no Bebê cinco semanas de gestação

Desenvolvimento no Bebê cinco semanas de gestação

Na fase das cinco semanas gestação, é comum que as futuras mamães sintam muito enjoo pela manhã, tonturas, e também mal estar. Para aliviar os sintomas mascar pedaço de gengibre logo ao acordar, pode melhorar e fazer com que a mamãe não sinta tanto incômodo nessas primeiras semanas de gravidez.

Em relação ao desenvolvimento do feto, as cinco primeiras semanas já fizeram com que o feto sofressem algumas alterações, e uma delas são os blocos que darão origem aos órgãos vitais os bebês, que já estamos desenvolvidos só esperando o crescimento do bebê para poder se formar.

Além disso a circulação sanguínea entre o bebê e a mãe já está ocorrendo através de microscópicos vasos sanguíneos que começam a se formar com mais intensidade.

A oxigenação do embrião é feita através da placenta da mãe e o coração começa a se formar, porém ainda é muito pequeno menor que uma semente de uma papoula.

Nesta fase da gestação o embrião não é maior do que um grão de arroz por isso mesmo, no exame de ultrassom não é possível identificar o feto de uma forma melhorada.

Alteração na mulher com cinco semanas de gravidez

Ao entrar na quinta semana de gravidez, a mulher passa a sentir alguns outros sintomas, porém mudanças corporais não são identificadas com facilidade.

Porém existem outros sintomas que se fazem presentes com por exemplo a sonolência, cansaço excessivo, os enjoos matinais, repugnância a certos alimentos, mamas doloridas e mais pesadas.

Além dos sintomas é normal o aumento do metabolismo ja que, o mesmo está trabalhando para desenvolver o seu bebê, o aumento do ritmo cardíaco e da respiração também se altera, pois é necessário enviar oxigênio para bebê.

Agora quando falamos de alterações emocionais, a cinco semanas de estações já consegue afetar a mulher. Nessa fase da gravidez, a mulher tende a ficar mais emocionada, mais sensível, mais nervosa, muito mais ansiosa, por isso mesmo é ideal conversar com os familiares, com o companheiro, com quem está convivendo com a gestante neste momento da gestação, pois é fundamental ter um pouco mais de paciência e compreensão para que a mulher possa passar por essa fase de forma menos efetiva e menos dramática.

Nesta fase também é comum que a grávida sinta um pouco mais de fome que o habitual, porém é importante não consumir alimentos em maiores quantidades evitando doces, as gorduras, frituras e dando preferência para frutas, cereais iogurtes que vão diretamente para o bebê, trazendo muito mais saúde e vitalidade para o mesmo.

Deixe uma resposta